JOGOS

Jogos da Sony são adiados no PlayStation 5 Studios e terão novas datas até 2024

A Sony Interactive Entertainment revelou no mais recente relatório finaceiro da empresa que vários títulos publicados pela PlayStation Studios que tinham lançamento previsto para o ano fiscal de 2023 foram adiados.

Os títulos em questão, que deveriam ser lançados até 31 de março de 2024, quando se encerra o atual ano fiscal da Sony, não foram revelados, mas Marvel’s Spider Man 2, que tem lançamento confirmado para 20 de outubro de 2023, não foi afetado pela onda de adiamentos e será mesmo o principal jogo exclusivo do PlayStation 5 neste fim de ano.

Mistério sobre adiamentos na Sony

No recente relatório fiscal, a Sony confirma que foram adiados “vários títulos first-party (exclusivos)” previstos para serem lançados até o fim do ano fiscal, que começou em 1º de abril de 2023 e só se encerra em 31 de março de 2024.

A empresa não revela quais são esses jogos, o que indica que muitos desses títulos sequer foram revelados de forma oficial ao público até o momento. No entanto, o multiplayer ambientado no universo de The Last of Us é um dos possíveis candidatos. Outros lançamentos exclusivos da PlayStation Studios, como Helldivers 2 e Stellar Blade, também são possíveis candidatos a game afetados pela onda de adiamentos.

Em maio deste ano, o jornalista Jason Schreier, da Bloomberg, publicou uma reportagem na qual relatava que o multiplayer de The Last of Us estava passando por graves problemas de desenvolvimento, a ponto de a Sony reduzir drasticamente a escala do projeto.

Descrito originalmente como um projeto extremamente ambicioso, o multiplayer de The Last of Us hoje é cercado por incertezas. Segundo Jason Schreier, ao mesmo em que a Sony reavalia o que fará o com o game multiplayer da franquia, grande parte da equipe original já foi remanejada para outros projetos da Naughty Dog, como, por exemplo, o próximo jogo single player do estúdio norte-americano.

Ainda de acordo com a reportagem da Bloomberg, o estúdio Bungie, criador de Halo e Destiny e hoje pertencente à Sony, teria visto o andamento do projeto multiplayer de The Last of Us e não teria ficado “nada impressionado” com o resultado.

Vale lembrar que a Bungie tem experiência em jogos single player e multiplayer de sucesso, e por isso a avaliação do estúdio de que o jogo da Naughty Dog não é bom o bastante ganha ainda mais importância. O maior problema, segundo a Bungie teria dito, seria a dificuldade de o projeto conseguir manter os jogadores ativos no longo prazo, justamente o objetivo de um game multiplayer.

Creditos: ING USA

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo